Conheça um pouco mais sobre os autores e conheça outras de suas obras.

Graziela Andreazza

Graziela Andreazza lembra que desde pequena amava desenhar e escrever nas paredes da casa onde nasceu e foi criada em Caxias do Sul. Tinha aulas de cerâmica e era sempre aquela da turma para quem ficavam os dotes artísticos. Desde sua primeira edição, em março de 2013, Graziela é a ilustradora da Revista Bá, publicação bimestral de Porto Alegre. Nessa época também passou pela Escola de Desenhos Krapok, onde teve aulas com Antônio Maciel e fez um curso de aquarela em que aprendeu a colorar desenhos com Carla Pilla em 2015, no Bar Café Cartoon. Em 2016, fez o curso de ilustração de livros infantis na Galeria Hipotética. O trabalho de conclusão resultou na sua obra de estreia. Com textos e desenhos assinados pela autora, o livro As Tintas que não se Comportavam tem a produção gráfica assinada pela designer Tat Sperhacke, do Tat Studio, e revisão ortográfica de Daniela Damaris Neu. Procure também pela versão da obra digital com animação.

As tintas que não se comportavam

 
 
 
facebook | artes e ofícios twitter | artes e ofícios
Artes e Ofícios | Créditos